Como escolher a tipografia

A tipografia é o processo de criação durante a composição de um texto, seja de forma escrita ou digital. Ou seja, é a letra, ou “fonte” usada para escrever determinado texto.

O objetivo da tipografia é conferir ordem estrutural à comunicação impressa, criando uma identificação visual.

No entanto a tipografia raramente é levada em consideração durante a criação de determinados tipos de material. Mesmo que seja considerada, muitas pessoas não sabem como escolher corretamente , e até profissionais cometem este erro.

Por isso muitos materiais impressos e até digitais saem de forma incorreta, ou não proporcionam o efeito que deveriam proporcionar ao usuário.

Confira agora como escolher bem a tipografia para várias ocasiões.

O que considerar antes de escolher a fonte:

  • Tipo de publicação que será feita: convites de casamento, tickets para shows, cardápios, impressos publicitários, entre outros.
  • Tipo do papel utilizado caso seja impresso.
  • Estilo da publicação: se será clássico, despojado, entre outros.

Passo a Passo:

Com os dados recolhidos anteriormente, é hora de se atentar a alguns detalhes para a escolha da tipografia.

  1. Largura da Coluna de Texto: a largura da coluna de texto deve ser dada em relação ao tamanho da fonte. O ideal é que caibam de 50 a 80 toques por coluna, para não comprometer a legibilidade.
  2. Altura das linhas: a altura das linhas deve ser dada em função do espaçamento entre as palavras e a largura da coluna. A altura deve ser maior do que o espaçamento dado entre as palavras, e deve ser proporcional ao tamanho da coluna, crescendo conforme a coluna cresce.
  3. Texto em reverso: usado para melhorar a legibilidade. Se o texto possui cor clara e o fundo da página for escuro, o ideal é aumentar o espaço entre os caracteres e a altura da linha, e diminuir o peso da fonte.
  4. Espaçamento: dado em função do tamanho da coluna. Quanto menor a coluna, menor o espaçamento para melhorar a legibilidade.
  5. Fonte: Uma boa regra é escolher fontes com serifas para escrever o corpo do texto, e sem serifas para os títulos. O ideal é usar fontes cuja família tenha opção com e sem serifa, para manter a identificação do texto tanto no título quando no corpo.

A fonte também deve ter todos os diacríticos necessários, para que não seja necessário alterar a fonte depois.

  • Definição: a fonte deve ter definição de contorno, não sendo fina ou grossa demais. O ideal é que ela tenha boa definição para aumentar a legibilidade.
  • Estilos: a fonte deve possuir romano e itálico na mesma fonte, para não haver variação no material.

Dicas:

  • Imprima o material e veja se impresso a tipografia mantém a qualidade digital.
  • Use todas as variantes da fonte (estilos, espaçamento, altura, tamanhos) para verificar se em algum momento a fonte fica ilegível.
  • Use várias cores para ver o visual.

Seguindo essas dicas será bem mais fácil escolher a tipografia correta para seu objetivo!

Fonte: http://comofas.com/como-escolher-a-tipografia/. Acesso em 30/01/2013

 

default
Post Written by